“Ganhar 4-1 em Guimarães e 3-0 em Madrid, não assusta, mas intimida”, disse Manuel Fernandes, na antevião do encontro de domingo no Dragão.

“As equipas de grande qualidade, como o FC Porto, arriscam-se a fazer isto a muitos clubes e nós temos de ir preparados para isso”, advertiu o técnico setubalense.

Apesar das dificuldades esperadas perante um adversário muito difícil, Manuel Fernandes diz que a equipa sadina tem de ir preparada para lutar pelo triunfo.

“Temos de acreditar sempre que é possível trazer algo de positivo. Não podemos ir com um espírito derrotista, mas desconfiando sempre do valor de um grande adversário que esta semana está empolgado, atendendo ao que fez em Guimarães e em Madrid”, disse.

Embora sem revelar a equipa que vai jogar com o FC Porto, Manuel Fernandes deixou já duas certezas: as ausências de Hélder Barbosa, que se ressentiu de uma lesão no último jogo com o Sporting, e de Kazmierczac, que vai ter mais uma semana de recuperação.

Questionado sobre a eventual substituição de Nuno Santos devido ao lance que deu origem ao segundo golo do Sporting, Manuel Fernandes disse que não substitui um guarda-redes devido a um erro, desde que assuma que errou.

O técnico sadino não revelou, no entanto, se Nuno Santos tinha assumido o erro cometido, ao rematar a bola em direcção a Liedson, deixando assim a dúvida sobre o titular da baliza do Vitória de Setúbal no Estádio do Dragão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.