José Eduardo Bettencourt garantiu, hoje, que não se demite do cargo. Além disso, adiantou também que o novo treinador do Sporting será apresentado antes do encontro com os Pescadores da Costa de Caparica, dia 22 de Novembro, para a Taça de Portugal.

O presidente leonino, quando confrontado com os incidentes de ontem com um adepto, explicou tratar-se de “um cretino” e que “não está sozinho”, mas que é uma “pequena minoria” de “cretinos”. Tratam-se de “pessoas pagas, sócias do Sporting há pouco tempo”, sublinhando que as mesmas estão “identificadas quer pela direcção leonina, quer pela policia”.

"Vamos combater ferozmente o terrorismo porque não admito no meu clube, no nosso clube,  sócios desta qualidade. Se alguém o tentar defender, se alguém achar que isto é democracia, também vou correr com eles como sócios. Sei quem é o Herri Batasuna cá do sítio", frisou Bettencourt.

A medida que vai ser tomada pelo dirigente “é expulsá-las do clube”, pois “só assim pode terminar a agitação” em torno do clube.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.