O resultado final foi conseguido no decorrer da etapa complementar, por Lupède, na sequência de um canto cobrado por Hugo Machado, ao minuto 71.

Partida agradável de seguir sobretudo para os (poucos) adeptos da equipa da Figueira da Foz, já que a formação da casa apresentou bons momentos de futebol com movimentações e automatismos bem conseguidos.

Apesar de apenas ter surgido um golo, a formação comandada por Victor Zvunka, pelas oportunidades que criou e desperdiçou, poderia ter finalizado com um resultado mais robusto.

Previtali e Camora desperdiçaram duas boas ocasiões na etapa inicial. O segundo viu a bola ser devolvida pelo poste (24), situação que voltou a acontecer nos instantes iniciais da etapa complementar em que o travessão negou o golo ao médio francês Godemèche, após chapéu a Ney.

A Naval encerra o seu ciclo de jogos de preparação no próximo dia 7 defrontando na Nazaré a União de Leiria, jogo de apresentação da equipa da cidade do Lis aos seus associados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.