Declarações de Nélson Veríssimo, treinador do Estoril, e de Bernardo Vital, jogador dos canarinhos, após a derrota com o Benfica.

Nélson Veríssimo

Análise ao jogo: "Pelos números que são, a vitória é incontestável. Ficam duas ou três ilações deste jogo. Temos de ser eficazes relativamente às oportunidades que temos. No momento em que está 0-0, temos uma oportunidade boa por parte do Rodrigo [Martins], numa ligação coletiva. O Rodrigo acabou por não ter sucesso mas isso é o jogo. Termos sofrido o primeiro golo aos 20-25 minutos… sabíamos que o Benfica iria entrar forte para fazer um golo, tendo em conta aquilo que é o momento da equipa. Depois, a segunda ilação que fica é que temos de ser mais fortes e dar outra resposta nas bolas paradas. Temos de ter outro controlo desse momento."

Veja as melhores imagens do jogo

Goleada: "Quando o resultado se começa a avolumar, a equipa que tem essa vantagem acaba por ter uma confiança extra. A equipa contrária vai ficando com menos confiança. Houve momentos que contra uma equipa forte nós conseguimos ter qualidade no nosso momento ofensivo. Sofremos cinco golos e não estivemos bem, havendo ainda um golo anulado. É algo que temos de olhar e temos de retificar. A vantagem é que quarta-feira vamos defrontar o mesmo adversário. Temos de ver o copo meio cheio e ter a oportunidade de corrigir aquilo em que não estivemos tão bem neste jogo, potenciando aquilo em que estivemos bem."

Novo jogo com o Benfica na 4ª feira para a Taça: "Encaramos de forma positiva. É a oportunidade que nós temos de corrigir. Acima de tudo, agora, e já tive a oportunidade de passar uma mensagem positiva aos jogadores. Obviamente, estamos chateados com o resultado mas, acima de tudo, temos de recuperar os jogadores, sabendo que quarta-feira temos outro jogo contra a mesma equipa. É olhar, retificar, recuperar os jogadores e olhar para aquilo que são as melhores opções para o jogo. Baixas? Não me vou desculpar com isso. Os jogadores puderam dar o contributo à equipa. Contamos sempre com aqueles que estão disponíveis e, obviamente, isso para mim não serve de desculpa."

Bernardo Vital

Derrota pesada: "Tivemos bons momentos coletivos, apesar de termos sofrido cinco golos. Sabemos no que errámos, no que melhorámos e agora é trabalhar para na quarta-feira darmos uma boa resposta contra a mesma equipa. Sabíamos que íamos apanhar uma equipa em boa forma. Tivemos bons momentos com bola, defensivamente, mas temos de melhorar, não podemos sofrer cinco golos. Temos consciência disso e a equipa vai melhorar para quarta-feira." reiterou.

Três jogos sem vencer: "Já tivemos boas fases, resultados, exibições. Estamos agora numa má fase em termos de resultados mas estamos é preocupados em trabalhar e dar a volta para cima. E quarta-feira vamos trabalhar pela vitória e por fazer um jogo melhor a nível coletivo."

O Benfica venceu hoje na visita ao Estoril Praia por 5-1, na 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e reforçou a liderança do campeonato, somando a 23.ª partida sem derrotas desde o arranque da temporada. Com esta vitória, o Benfica aproveita a derrota do Sporting de Braga e reforça a liderança, com oito pontos de avanço para o segundo lugar, agora na posse do FC Porto, enquanto o Estoril Praia, que não vence há três jogos, é 10.º, com 16.

Os ‘encarnados’ adiantaram-se no marcador com um golo do croata Petar Musa, aos 25, e ampliaram a vantagem com um ‘bis’ de António Silva, aos 30 e 40, um tento de João Mário, aos 67, e um do sérvio Ristic, aos 89, com o Estoril a reduzir por Serginho, aos 90+1, garantindo o melhor arranque de invencibilidade do século XXI, com 23 jogos sem derrotas (19 vitórias e quatro empates) nas diferentes competições.

Veja o resumo do jogo!

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.