João Noronha Lopes, candidato vencido nas eleições do Benfica, lamentou hoje a morte de Mário Dias, antigo dirigente do clube, considerando que será sempre uma “grande figura” dos encarnados e o “pai do estádio” da Luz.

“Foi com enorme tristeza que tomei conhecimento do falecimento de Mário Dias. O Mário ficará para sempre como uma grande figura do Benfica, o pai do estádio, um lutador incansável por aquilo em que acreditava. Perdi um ex-colega de direção, mas, principalmente, vejo partir um amigo, um conselheiro e um exemplo de benfiquismo”, afirmou João Noronha Lopes.

O candidato vencido por Luís Filipe Vieira nas eleições ocorridas na quarta-feira, endereçou ainda os seus “sentimos pêsames” à família de Mário Dias.

Conhecido como “pai do novo estádio da Luz”, Mário Dias integrou a direção de Manuel Vilarinho, entre 2000 e 2003, tendo permanecido como vice-presidente e administrador da SAD ‘encarnada’ nos elencos liderados por Vieira até 2009,

Mário Dias morreu no domingo, vítima de doença prolongada, aos 76 anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.