“Leonel Pontes assumiu esta fase de transição pelo tempo que for necessário", disse Bettencourt, à margem da celebração do 15.º aniversário do núcleo do Sporting de Alferrarede, em Abrantes.

A ocasião deveria servir também para homenagear Manuel Fernandes, mas a cerimónia foi adiada por indisponibilidade de agenda do antigo goleador “leonino”, mas acabou por servir, de forma imprevista, mas muito sentida, para homenagear Paulo Bento, o ex-técnico do Sporting.

“Às vezes não sabemos como é que as coisas podem correr tão mal e nunca esquecerei a imagem daquele balneário em peso a chorar baba e ranho na hora da despedida de Paulo Bento”, disse o presidente do Sporting, perante as cerca de 200 pessoas presentes.

Bettencourt recordou: “Foram anos de um desgaste brutal, em que perdi vários amigos, pressionados da forma mais vil e cobarde. Quanto a Paulo Bento, homem de grande amizade e sofrimento pelo clube, se saiu como saiu, foi para facilitar a vida ao Sporting”.

“E nós temos de nos emocionar quando vemos alguém a lutar tanto, os jogadores porque não conseguiram dar a volta a uma situação de medo e precariedade, que acabou por afectar o desempenho desportivo, e aplaudir a lucidez de Paulo Bento”.

Perante os aplausos generalizados, o presidente do clube lisboeta advertiu que agora "é hora de enterrar os mortos e tratar dos vivos”.

“Estamos a construir uma força e uma união que vai ser um caso sério”, disse Bettencourt, acrescentando que o Sporting “tem uma visão, um projecto e está galvanizado”.

O líder garante não estar preocupado: “Quando me vêm a partilhar estes momentos com os núcleos perguntam-me se não deveria estar preocupado com um novo treinador... eu digo que não”.

“O treinador está quase, mas o Sporting, que é de Portugal, tem valores e conceitos herdados dos seus fundadores e não quer ganhar a qualquer preço”, disse, acrescentando que a instituição “deve crescer como família”.

“Nos momentos mais difíceis, a resposta deve ser dada em família, no caso, a do Sporting Clube de Portugal. E é com vocês que quero estar. É com vocês que quero ganhar forças”, concluiu o líder dos “leões”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.