Nuno Espírito Santo, treinador do FC Porto, projetou o encontro com o Marítimo e desvalorizou o resultado do dérbi de Lisboa, assim como a diferença pontual em relação ao líder Benfica.

"O que me deu a máxima satisfação foi ter ganho o jogo com o Feirense. Isso é que foi importante para nós, porque qualquer vitória nossa contribui para nos aproximarmos daquilo que queremos, que é estar no topo. E é assim que temos de fazer amanhã", disse o técnico em conferência de imprensa.

"Não podemos controlar os adversários e os pontos que fazem, temos isso sim nós de continuar o nosso caminho. Neste momento, 4 pontos é anedótico em relação àquilo que será a classificação final da Liga, mas vai exigir de nós muitíssimo trabalho para uma reaproximação", realçou.

O técnico disse ainda que não assistiu ao Benfica-Sporting, escusando-se por essa razão a comentar a arbitragem de Jorge Sousa.

O FC Porto recebe o Marítimo na quinta-feira, a partir das 20h00, em partida da 15ª jornada da Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.