Nuno Manta, treinador do Aves, analisou a partida frente ao FC Porto, reconhecendo que a equipa teve alguma felicidade.

Análise

"Fiquei surpreendido com o onze do FC Porto. Não me interessava muito o adversário, mas sim o que nós fazemos. Trabalhámos esta e outras estruturas conforme o adversário e a nossa estratégia funcionou. Tivemos alguma felicidade, sobretudo no momento em que o FC Porto tem o penálti e não consegue fazer golo. Tivemos uma boa jogada na primeira parte mas não conseguimos finalizar. Fomos defendendo bem e nesse aspeto a equipa esteve compacta e organizada. Em termos ofensivos tentámos sair mas não conseguimos. Fomos segurando, às vezes com felicidade", afirmou Nuno Manta aos microfones da Sport TV.

Posição ingrata do Aves na 18.º lugar não dá grandes esperanças ao Aves. Contudo, Nuno Manta garante que a equipa vai manter a atitude até final.

"Temos aqui um ponto e temos vindo a crescer. Ainda há muitos pontos a disputar mas sabemos bem a realidade e que está difícil para o Aves se manter na 1.ª Liga. Sei aquilo que fizemos nas últimas semanas e sabia que a equipa ia apresentar um jogo positivo. (...) Saio satisfeito pelo trabalho e tenho que motivar os jogadores para o resto do campeonato."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.