Nuno Saraiva voltou a recorrer às redes sociais para distribuir ‘farpas’. Desta vez, os visado fora os empresários de jogadores. Depois de esta sexta-feira terem saído declarações do empresário de Slimani, Nuno Saraiva utilizou o Facebook para criticar o representante do avançado argelino.

Com base em regras da FIFA, onde os empresários não têm direito a intervir com os jogadores sem o ‘ok’ do clube, o diretor de comunicação do clube ‘leonino’ afirmou que o empresário de Slimani está a tentar vender o argelino pelos jornais.
"Slimani tem contrato e todos aqueles que acham que negociar pelos jornais é uma fórmula vencedora vão acabar sempre por, mais cedo ou mais tarde, cair na realidade, defraudando as expectativas dos seus atletas.
Já agora, relembro a regra da FIFA que impede os Clubes de abordarem os jogadores/agentes sem o consentimento do Clube ao qual o atleta está vinculado por contrato. O Sporting CP não deu autorização a qualquer clube para abordar os seus atletas mas, diariamente, os agentes vêm a público falar de ofertas e "novos" salários. Os agentes que trabalham desta forma deveriam, nestes casos, ver as suas licenças retiradas. Mas, pelos vistos, até nisto o "crime" vai compensando, até ao dia que enfrentam, em "clima de guerra", este novo Sporting Clube de Portugal”.
Relembre-se de que o empresário de Islam Slimani afirmou que o Sporting tinha recebido três propostas “muito boas” para vender o internacional argelino. De acordo com a imprensa portugesa, as propostas não chegam aos 30 milhões de euros da cláusula de rescisão de Slimani.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.