Nuno Saraiva, ex-diretor de comunicação do Sporting na presidência de Bruno de Carvalho, utilizou as redes sociais para responder a uma 'farpa' de Carlos Barbosa da Cruz, que afirmou na CMTV que Saraiva encaixava "no perfil de responsável de comunicação do Benfica".

"Aquilo que é verdadeiramente insultuoso e indecente é ouvir um sportinguista sugerir o meu nome a um benfiquista, seja lá para o que for. Sou do Sporting desde que nasci, sou sócio com as quotas em dia, e não admito a ninguém, nem ao dr. Barbosa da Cruz, que ponha em causa o meu sportinguismo. Considerar que "encaixo no perfil" do Benfica é, tão só, atentório da minha honra, do meu bom nome e da minha dignidade enquanto sócio, e adepto quase cinquentenário, do Sporting", pode ler-se na publicação na rede social Facebook.

"O que é surpreendente, ou talvez não, é que Jaime Antunes, que tantas vezes critiquei e ataquei porventura até com algum excesso, teve a decência de não dar continuidade aos dislates do dr. Barbosa da Cruz e de asseverar que, por razões óbvias, jamais encaixaria no Benfica. Ou seja, os benfiquistas têm, apesar de tudo, mais respeito por mim - pelo menos reconhecem o meu sportinguismo militante - do que certos sportinguistas que passam a vida a encher a boca para dizer que somos diferentes", acrescentou.

Confira a publicação de Nuno Saraiva:

"Resposta a um sportinguista na cruz

Na passada quinta-feira, o dr. Carlos Barbosa da Cruz usou a sua presença na CMTV, onde agora debate com o portista Nuno Encarnação e com o benfiquista Jaime Antunes, para lançar uma atoarda ofensiva, mais uma, a meu respeito. Disse o meu ilustre consórcio (presumo que pague as quotas ao clube), que estou desempregado e que encaixo no perfil de responsável de comunicação do Benfica.

O que me ofende, naturalmente, não é a mentira sobre a minha condição profissional. Graças a Deus tenho emprego e dispenso os bons ofícios do dr. Barbosa da Cruz, uma vez que as minhas qualidades e o meu percurso falam por si.

Aquilo que é verdadeiramente insultuoso e indecente é ouvir um sportinguista sugerir o meu nome a um benfiquista, seja lá para o que for. Sou do Sporting desde que nasci, sou sócio com as quotas em dia, e não admito a ninguém, nem ao dr. Barbosa da Cruz, que ponha em causa o meu sportinguismo. Considerar que "encaixo no perfil" do Benfica é, tão só, atentório da minha honra, do meu bom nome e da minha dignidade enquanto sócio, e adepto quase cinquentenário, do Sporting.

O que é surpreendente, ou talvez não, é que Jaime Antunes, que tantas vezes critiquei e ataquei porventura até com algum excesso, teve a decência de não dar continuidade aos dislates do dr. Barbosa da Cruz e de asseverar que, por razões óbvias, jamais encaixaria no Benfica.

Ou seja, os benfiquistas têm, apesar de tudo, mais respeito por mim - pelo menos reconhecem o meu sportinguismo militante - do que certos sportinguistas que passam a vida a encher a boca para dizer que somos diferentes".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.