"Foi uma vitória justa. O Benfica foi a melhor equipa, não o foi totalmente nos 90 minutos, mas principalmente na primeira parte. Entrámos muito fortes, dominámos completamente e não deixámos o FC Porto sair", afirmou Jorge Jesus no 'flash-interview' posterior ao encontro da 14ª jornada.

"Não me recordo do FC Porto ter uma situação de finalização na primeira parte e fizemos um golo nesse periodo. Depois soubemos gerir a vantagem", acrescentou.

O treinador encarnado considerou que a réplica portista não foi melhor devido à postura do Benfica: "O FC Porto hoje não foi mais criativo, porque nós não deixámos. Foi um jogo de grande intensidade, de duas equipas dignas uma da outra."

A arbitragem de Lucílio Baptista mereceu ainda alguns reparos de Jorge Jesus. "Há um penálti nítido do Rodriguez na área. Com essa possibilidade teríamos jogado os ultimos minutos com mais qualidade, mas o campo também já não permitia muito isso", disse.

"Os campeões ganham com sofrimento", frisou Jorge Jesus, elogiando os seus jogadores: "Era um jogo importante pela classificação, não por não termos ganho em Olhão ou por não termos alguns jogadores. Os que jogaram deram uma excelente resposta".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.