O FC Porto venceu, esta quarta-feira, o União da Madeira por 0-4, no encontro em atraso da nona jornada do campeonato português, disputado no Estádio da Madeira, na Choupana. Herrera, Brahimi, Corona e Danilo marcaram os golos da partida.

Lopetegui resolveu dar a titularidade a Dani Osvaldo e Jesus Corona. Herrera também manteve-se na equipa titular. Rúben Neves e Aboubakar ficaram no banco, assim como Tello.

O FC Porto começou o encontro a dominar a partida, à procura do golo, e esse chegou logo aos 12 minutos. Layún desmarcou-se bem na esquerda, cruzou por alto para o centro da área, para o cabeceamento de Herrera sem marcação. A bola ainda desviou em Joazinho, que enganou o guarda-redes André Moreira.

O segundo golo chegou dois minutos depois, pelos pés de Brahimi. Maxi Pereira cruzou para o Brahimi e o argelino dominou e disparou para o fundo das redes, sem hipóteses para o guarda-redes do União da Madeira.

O jogo continuava favorável ao FC Porto, com a vida facilitada, e o terceiro golo chegou naturalmente, e sem aviso.

Num lance feliz de Corona, o mexicano cruzou e a bola assumiu a trajetória para a baliza, passando por cima do guarda-redes André Moreira e entrando no ângulo superior contrário.

Com este resultado confortável, os Dragões apenas precisaram de gerir o encontro no segundo tempo, até ao quarto golo da partida, apontado pelo internacional português Danilo Pereira, já em tempo de descontos.

Nota para o cartão vermelho para Osvaldo, que foi expulso do encontro.

Com este triunfo, os Dragões mantêm o segundo lugar do campeonato português, agora apenas a dois pontos do líder Sporting.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.