"O presidente não está proibido de ser sócio do Sporting. O presidente é a força do Sporting", afirmou José Eduardo Bettencourt na Batalha, durante o XXIX Jantar Convívio "Rugidos de Leão".

Bettencourt, que pediu desculpa por ter cantado uma música alusiva aos "leões" a meio do discurso - "espero não ter ofendido ninguém" -, ironizou dizendo não ter levado "as maracas" para a festa organizada pelo Núcleo Sportinguista de Leiria.

"Hoje não poderão ir vídeos para o Youtube", desabafou o presidente dos "leões", a propósito de filmes divulgados na Internet, registando numa festa do Núcleo Sportinguista de Portimão, em que acompanha às maracas o presidente da Assembleia Geral, Dias Ferreira, enquanto este canta em palco.

O presidente do clube lembrou que no Sporting são "todos iguais", porque todos têm "os mesmos direitos", embora "as responsabilidades sejam diferentes".

"Aquilo que nos tem unido e unirá sempre é a grandiosidade do maior clube português, a grandiosidade de todos aqueles que têm servido o Sporting. A força do Sporting mede-se nos momentos difíceis. Na capacidade das pessoas colocarem o Sporting acima de tudo. E isso aplica-se também ao presidente", afirmou.

Na Batalha, José Eduardo Bettencourt garantiu que "no dia em que alguém desta direcção for pesado para o Sporting, não será nenhum fardo".

"O desejo de servir, viver e sofrer pelo Sporting é muito maior. E o orgulho de ser sportinguista é maior do que qualquer ego. O ego maior de todos é o ego do Sporting. É esse que vamos ter de exigir que todos respeitem", sublinhou.

Em tempo de mudança na estrutura do futebol, o presidente salientou a entrada de três mil novos sócios "e os mais de 8500 que regularizaram as suas quotas, tudo isto sem grandes vitórias no futebol".

"Não lhes demos nada e eles deram-nos tudo", regozijou-se.

Perante cerca de 1200 sócios e simpatizantes dos "leões", José Bettencourt terminou o seu discurso a cantar, interrompendo "para não ser ridicularizado amanhã...".

"Mas eu nunca me envergonho de cantar e de dizer que o Sporting é o melhor do mundo", acrescentou.

Na festa, foram entregues os galardões "Rugidos de Leão". Em 2009, o Núcleo Sportinguista de Leiria distinguiu Rui Patrício e Daniel Carriço (futebol profissional), Deo (futsal), Edivaldo Monteiro (atletismo), Miguel Almeida (coordenador do ténis de mesa), Maria Antónia Vasconcelos (Ídolos do passado - patinagem artística), Mário da Cunha Rosa (antigo atleta e dirigente), Júlio Isidro (comunicador), Eugénia Martins (funcionária) e José Barros (Sócio do ano).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.