O Sporting precisa de estabilidade. É esta a intenção de Octávio Machado, que não quer continuar a guerra de palavras com Bruno de Carvalho.

Em declarações ao jornal O Jogo, o antigo dirigente do Sporting afirmou que não queria que a situação chegasse a este ponto e quer que o clube de Alvalade volte à tranquilidade.

"O Sporting e os sportinguistas não merecem que isto se estenda no tempo. Dado todo o respeito que tenho pela instituição e a sua massa associativa e adepta, é 'finito'. Nada disto deveria ter acontecido. O Sporting precisa de estabilidade, mas lamento profundamente. Não podia permitir as ofensas que me foram feitas. Fico-me por aqui", afirmou.

Recorde-se que Octávio Machado abandonou o cargo de diretor de futebol do Sporting e, há alguns dias, deixou críticas a Bruno de Carvalho numa entrevista à CMTV. O presidente do Sporting não ficou calado e afirmou que a escolha de Octávio Machado para o cargo que ocupava era apenas a terceira escolha para o cargo que acabou por exercer.

De seguida, o antigo dirigente voltou à carga, chamado Bruno de Carvalho de 'passarinho' e afirmando que tem ciúmes de jogadores e de Jorge Jesus. Agora, o ex-treinador do Sporting procura que as ofensas e críticas acabem por aqui, a favor do Sporting.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.