O Feirense conquistou hoje a sua primeira vitória na Liga de futebol ao bater fora de casa o Olhanense, por 2-1, em partida da quarta jornada da Liga de futebol.

A turma de Santa Maria da Feira abriu o marcador, aos 16 minutos, por Varela, Salvador Agra empatou para os da casa, aos 57, perante uma equipa reduzida a dez elementos, e Ludovic fez o tento do triunfo aos 83 minutos.

Com este resultado, o Feirense igualou o adversário de hoje na classificação, ambos com cinco pontos.

Numa primeira metade muito fraca de parte a parte, as duas equipas raramente criaram jogadas dignas desse nome, faltando mais imaginação e criatividade para animar a partida.

Depois de um lance de perigo do Olhanense, aos 13 minutos, em que Cauê foi lento a finalizar, três minutos foi o Feirense a chegar à vantagem.

Diogo Cunha marcou um livre, Henrique, junto ao segundo poste, assistiu de cabeça e Varela cabeceou para o golo inaugural.

O Olhanense tentou responder, mas só aos 28 minutos esteve perto do empate, com Dady a rematar tirando o “pão da boca” a João Gonçalves, que estava em melhor posição.

Aos 45 minutos, a equipa algarvia ficou em inferioridade numérica por vermelho direto mostrado a Fernando Alexandre, após entrada feia sobre Fonseca.

Depois do golo, os forasteiros foram perdendo tempo em assistências médicas contínuas, levando João Ferreira a conceder seis minutos de compensação no fim da primeira parte, período em que Fabiano Freitas se opôs bem a remates de fora da área de Sténio e Varela.

O intervalo fez bem aos algarvios que, com Salvador Agra no lugar de Dady, surgiram mais determinados e afoitos, criando várias oportunidades de golo.

Wilson Eduardo proporcionou boa defesa a Paulo Lopes (47) e Salvador Agra atirou à barra no minuto seguinte, em lance interrompido por João Ferreira para lançar bola ao solo.

O tento do empate chegou aos 57 minutos, com Wilson Eduardo a ganhar espaço pela direita e a fazer um compasso de espera para a entrada fulgurante de Salvador Agra entre os centrais.

Depois da igualdade, e mesmo com um elemento a menos, o Olhanense manteve o domínio de jogo, tendo estado perto do golo aos 61 minutos, com Paulo Lopes a evitar um remate de Mexer, e aos 74, quando Figueroa cabeceou ao lado.

Contra a corrente do jogo, o Feirense marcou o golo da vitória: Mexer perdeu infantilmente para Fonseca, que assistiu para o desvio certeiro de Ludovic.

Até final da partida, os forasteiros podiam ter aumentado a vantagem, com Fonseca a ver o seu remate, aos 89, ser cortado em cima da linha pelo braço de Mexer, mas o árbitro assinalou pontapé de canto.

O Olhanense, que sofreu a primeira derrota da época, acabou o jogo com nove elementos, pois Mexer foi expulso no último minuto de compensações, por parar em falta um isolado Ludovic.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.