A equipa algarvia venceu com justiça, demonstrando maior eficácia ofensiva, factor em que os dois centrais brasileiros, Maurício e Jardel, deram o exemplo, marcando o primeiro golo e o último.

Com este triunfo, o Olhanense colocou-se provisoriamente na segunda posição, com 12 pontos, enquanto o Vitória de Setúbal – que nunca venceu em Olhão, em 14 confrontos para o campeonato principal – permanece no oitavo lugar, com nove pontos.

O jogo arrancou com uma ocasião soberana desperdiçada pelo Olhanense, aos 2 minutos, na sequência de uma grande penalidade assinalada por mão de Silva na grande área.

Chamado a converter o “castigo máximo”, Paulo Sérgio atirou por cima, lance que nem por isso tirou confiança ao conjunto de Olhão, que se manteve pressionante nos minutos seguintes.

O extremo redimir-se-ia daquele falhanço aos 9 minutos, marcando o canto que encontrou Maurício no “coração” da área, com o central brasileiro a cabecear para golo.

Depois de abrir o marcador, o Olhanense “descansou” um pouco sobre a vantagem, sem permitir veleidades ao Vitória, e soube sair melhor deste momento de indefinição, chegando ao segundo golo aos 36 minutos.

Vinicius rematou para grande defesa de Diego, a bola ressaltou para a entrada da área, João Gonçalves ganhou no duelo com Miguelito e disparou, com bola a desviar num defesa setubalense e a enganar o guardião adversário.

Manuel Fernandes, que já tinha mexido duas vezes depois do 2-0, esgotou as substituições ao intervalo e viu a sua equipa entrar mais dominadora no segundo tempo.

O Olhanense denotou algum nervosismo, apesar da vantagem de dois golos, e viu Henrique atirar a bola no poste, aos 55 minutos.

Dois minutos depois, o Vitória de Setúbal reduziu a desvantagem, com Ricardo Silva a cabecear para golo, respondendo da melhor forma a um canto de Paulo Regula.

Os forasteiros não aproveitaram o ligeiro ascendente e viram o Olhanense marcar o terceiro golo, aos 69 minutos, desta vez com o outro central, Jardel, a concluir com o pé direito após novo canto.

Até final do jogo, o Olhanense soube gerir a vantagem no marcador para garantir a terceira vitória caseira da época.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.