À margem da conferência de imprensa de antevisão do encontro com o Paços de Ferreira, Vítor Pereira comentou a atribuição do prémio de treinador do ano a André Villas-Boas, o seu antecessor, na Gala dos Dragões de Ouro.

«Revi um amigo, um profissional muito competente que nos liderou e que na época passada nos levou a muitos sucessos. Fiquei orgulhoso pela atribuição do Dragão de Ouro ao André. Orgulhoso também porque é o reconhecimento individual mas também coletivo de um trabalho que se fez e que culminou em sucesso, num clube onde a história é feita de sucessos. Foi um ano histórico para o FC Porto», afirmou Vítor Pereira, esta quarta-feira, no auditório do Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, no Olival.

O FC Porto, líder da I Liga com 20 pontos, os mesmos que o Benfica, recebe, esta sexta-feira às 20h15, o Paços de Ferreira, 11.º com 7 pontos, no jogo de abertura da nona jornada da I Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.