Ter 30 anos no futebol é visto muitas vezes como sinal de velhice em Portugal. Ao contrário da Itália, por exemplo, onde os jogadores jogam até aos 36, 37 anos, na Liga Portuguesa, quem chega aos 30, já é visto como um jogador numa fase descendente da carreira, principalmente nos "três grandes".

Apesar disso, muitos foram os craques estrangeiros que decidiram aventurar-se por terras lusas depois dos 30 anos ou quase a chegar a essa idade. Alguns ainda vieram a tempo de brilhar ao mais alto nível, outros nem por isso.

Entre os que deixaram a sua marca, destaque para Aimar e Pierre Van Hooijdonk no Benfica, André Cruz e Schmeichel no Sporting. O FC Porto teve menos sorte na escolha de craques acima dos 30 anos já que nenhum teve impacto na Invicta.

Veja esta galeria de consagrados que chegaram a Portugal aos 30 anos

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.