O relatório desta semana do CIES - Observatório para o futebol incide sobre o número de faltas sofridas e cometidas em 33 ligas europeias até ao passado dia 12 de outubro.

O estudo revela que dentro das cinco principais ligas europeias (Inglaterra, Espanha, França, Itália, Alemanha) nenhum jogador sofre mais faltas em média que Neymar: o jogador do PSG sofreu uma falta a cada 20 minutos e 39 segundos - 14 faltas em 289 minutos.

Os que mais faltas sofreram nos big 5 (média)

  1.  Neymar (PSG) | 14 faltas, 289 min. | uma falta a cada 20m39s
  2. Angelo Fulgini (Angers) | 27 faltas, 565 minutos | uma falta a cada 20m56s
  3. Yangel Herrera (Granada) | 15 faltas, 321 min. | uma falta a cada 21m24s
  4. Ignatius Ganago (Lens) | 15 faltas, 322 min. | uma falta a cada 21m28s
  5. Arnaud Nordin (Saint-Etienne) | 17 faltas, 390 min.| uma falta a cada 22m56s

Em número absoluto contudo, Neymar é ultrapassado por outro jogador da Ligue 1: Angelo Fulgini, do Angers, sofreu 27 faltas em 565 minutos (uma falta a cada 20m36s).

No extremo oposto, daqueles que mais faltas cometem, Fabien Lemoine, do Lorient, comete em média, uma falta a cada 21m29s, liderando o ranking dos mais faltosos em média e em termos absolutos (21 faltas em 451 minutos) nas 'big-5'.

Os que mais faltas cometem nos big 5 (média)

  1.  Fabien Lemoine (Lorient) | 21 faltas, 451 min. | uma falta a cada 21m29s
  2. Javi Galán (Huesca) | 20 faltas, 481 minutos | uma falta a cada 24m03s
  3. Steven Alzate (Brighton) | 14 faltas, 366 min. | uma falta a cada 26m09s
  4. Nicolas Hofler (Friburgo) | 11 faltas, 288 min. | uma falta a cada 26m11s
  5. Nabil Fekir (Betis) | 15 faltas, 399 min.| uma falta a cada 26m36s

Sellars sofre uma falta a cada 13 minutos

Em termos gerais das 33 ligas analisadas pelo CIES, Jerell Sellars, dos suecos do Ostersunds é o jogador que menos tempo leva até sofrer uma falta: uma falta sofrida a cada 13m11s.

Em termos absolutos, contudo, ninguém ultrapassa Vasilije Janjić. O jogador dos sérvios do Zlatibor sofreu 43 faltas nos 821 minutos que realizou na Liga Sérvia.

Os que mais faltas sofreram (média)

  1.  Jerell Sellars (Ostersunds, Suécia) | 22 faltas, 290 min. | uma falta a cada 13m11s
  2. Diego Fabbrini (Dinamo Bucareste, Roménia) | 23 faltas, 312 minutos | uma falta a cada 13m34s
  3. Jorge Díaz (Penatolikos, Grécia)| 24 faltas, 369 min. | uma falta a cada 15m23s
  4. Borislac Tsonev (Levski Sofia, Bulgária) | 18 faltas, 283 min. | uma falta a cada 15m43s
  5. Máté Szabó (Budafoki, Hungria) | 20 faltas, 315 min. | uma falta a cada 15m45s

No ranking dos mais faltosos, Kirill Vergeichik, dos bielorrussos do Vitebsk, lidera com uma média de uma falta cometida a cada 15m27s (20 faltas em 309 minutos).

A nível absoluto é outro jogador que milita na Bielorrússia que lidera: Volodymyr Koval, do Neman Grodno, cometeu 26 faltas em 518 minutos.

Os que mais faltas cometeram (média)

  1. Kirill Vergeichik (Vitebsk, Bielorrússia) | 20 faltas, 309 min. | uma falta a cada 15m27s
  2. Mohamed El Makrini (IK Start, Noruega) | 16 faltas, 295 min. | uma falta a cada 18m26s
  3. Aleksandr Kokko (RoPS, Finlândia) | 19 faltas, 356 min. | uma falta a cada 18m44s
  4. Emmanuel Dennis (Club Brugge, Bélgica) | 14 faltas, 278 min. | uma falta a cada 19m51s
  5. Volodymyr Koval (Neman Grodno, Bielorrússia) | 26 faltas, 518 min. | uma falta a cada 19m55

I Liga: Otávio é o que mais faltas sofre, Fabrício o que mais comete

Focando os 'holofotes' na I Liga, percebemos que em Portugal Otávio, do FC Porto, foi o jogador que menos tempo passou sem sofrer uma falta até ao início da quarta jornada: o médio dos 'dragões' é travado em falta a cada 23m15s.

O Top 5 é composto por Fabrício Isidoro, do Farense (32m13s); Ricardo Mangas, do Boavista (32m07s); Anderson, do Santa Clara (32m07s) e Fábio Abreu, que deixou o Moreirense já no decorrer da época (36m30).

Os que mais faltas sofreram até à 3.ª jornada (média)

  1. Otávio (FC Porto) | 12 faltas sofridas, 279 min. | uma falta a cada 23m15s
  2. Fabrício Isidoro (Farense) | nove faltas sofridas, 281 min. | uma falta a cada 31m13s
  3. Ricardo Mangas (Boavista) | nove faltas sofridas, 289 min. | uma falta a cada 32m07s
  4. Anderson (Santa Clara) | nove faltas sofridas, 289 min. | uma falta a cada 32m07s
  5. Fábio Abreu (ex-Moreirense) | oito faltas sofridas, 292 min. | uma falta a cada 36m30

Do outro lado da barricada, no topo dos jogadores que mais faltas cometeram até à 3.ª jornada, surge Fabrício dos Santos, do Portimonense, com 13 faltas cometidas em 295 minutos realizados - uma média de uma falta cometida a cada 22m42s.

Afonso Taira, do Belenenses SAD (23m30s); Javi García, do Boavista (30m53s), Rene Ferreira, do Marítimo (31m00s) e Jesús Corona, do FC Porto (31m13s) completam o top 5 nacional.

Os que mais faltas cometeram até à 3.ª jornada (média)

  1. Fabrício (Portimonense) | 13 faltas cometidas, 295 min. | uma falta a casa 22m42s
  2. Afonso Taira | 12 faltas cometidas, 282 min. | uma falta a cada 23m30s
  3. Javi García (Boavista) | nove faltas cometidas, 278 min. | uma falta a casa 30m53s
  4. Rene Ferreira (Marítimo) | nove faltas cometidas, 279 min. | uma falta a cada 31 min.
  5. Jesús Corona (FC Porto) | nove faltas cometidas, 281 min. | uma falta a cada 31m13s

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.