Confirmada que está a transferências para o Sporting, com os leões a poderem receber 20 milhões de euros, mais dois milhões em objetivos, João Palhinha fez o balanço dos nove anos ao serviço do Sporting. O médio não escondeu a emoção na hora do adeus.

"Óbvio que sinto saudades, mesmo quando estava de férias já sentia saudades, isto que criámos aqui nos últimos anos é algo que não se paga, é fora do normal, a união toda que temos, nunca é fácil despedir-nos, são momentos especiais, marcantes, que iremos sempre recordar. Tenho muito a agradecer, este meu passo também se deve muito ao trabalho coletivo destes últimos anos, eles ajudaram-me muito a crescer enquanto jogador, eu também os ajudei a eles, esta união toda fez nos alcançar patamares superiores", começou por dizer em declarações à Sporting TV.

Altura certa para sair

"Nunca sabemos se é o momento certo, mas não sabemos se as oportunidades vão aparecer amanhã. O futebol é feito de momentos, acredito que seja o momento para dar este passo, para ir jogar para a melhor liga do mundo, tive sempre essa ambição. Ao sair do Sporting sempre disse que gostaria de despedir-me do meu clube com títulos, nomeadamente o campeonato nacional. A certa altura da minha carreira ia sair do Sporting e ia deixar uma imagem que não condizia com a minha. Apanhei uma fase mais complicada, houve momentos em que não achava que fosse possível regressar ao clube, felizmente consegui dar a volta por cima, conquistei títulos, conquistei o título mais importante do clube, o campeonato nacional, passados quase 20 anos."

Evolução enquanto jogador

"As diferenças são bastantes, porque sai um jogador bastante mais maduro, enquanto homem e profissional, todas as experiências que tive fizeram-me crescer muito. Não tive um trajeto muito comum, devido aos empréstimos, mesmo o meu primeiro ano e meio na equipa principal foi muito complicado, houve uma certa altura em que pensei que fosse muito complicado dar a volta, mas graças à grande equipa que tenho por trás, a minha família, que me fez sempre acreditar que as coisas fossem mudar um dia, quando voltei do empréstimo ao Braga, consegui afirmar-me de vez no meu clube e isso, para nós que vimos da formação, é sempre um sonho realizado e juntar a isso os títulos que consegui conquistar posteriormente, é o marco mais bonito até hoje na minha carreira."

Duelos físicos

"Acaba por ser um pouco a minha imagem de marca, sou um jogador que gosta do duelo físico, gosto de celebrar um corte de carrinho, gosto do próprio contacto, vou para um campeonato que é à semelhança disso, que é o ADN disso. Sou um jogador que as pessoas sabem que dá tudo. Sou um jogador que adora recuperar bolas, dar equilíbrio à equipa. Saio um jogador mais completo do que era."

Ugarte

"É um excelente jogador, um miúdo que está a crescer a olhos vistos. No meio-campo, o Sporting tem de estar tranquilo, porque nos próximos anos vai ter ali muitos jogadores. Também tem o Dário, que está a crescer, é muito novinho, com a idade dele estava eu a entrar no Sporting, 17 anos, tudo a seu tempo, sei que vão aparecer muitos mais jogadores aqui da formação para o lado de lá."

Golo mais importante

"Todos os golos que marquei foram importantes, podia ter feito mais alguns, tive oportunidades para isso, mas todos os cinco golos que fiz nas duas últimas épocas foram marcantes. O primeiro golo que faço quando volto do SC Braga, com o Paços, para a Taça de Portugal, foi uma reviravolta que dei na minha história na equipa principal do clube."

Título

"Dedicação, devoção e glória. Foi tudo junto. Estamos a falar de um caminho bastante difícil que foi feito, não foi uma época que qualquer jogador ou estrutura conseguiria atingir, muito devido ao que o clube estava a viver. Felizmente, juntos, agarrámo-nos uns aos outros e conseguimos dar a volta a isso. Passou algum tempo, mas não me esqueço do que diziam no início da época, depois da nossa derrota com o LASK, os comentadores a rasgarem-nos nas televisões, a dizer que ia ser mais uma época desastrosa do Sporting, que havia jogadores que não tinham capacidade para representar o clube e nós demos a chapada de luva branca, fomos dando durante a época a chapada de luva branca, mas o grande sucesso esteve no fim, conseguimos atingir a glória."

Ser capitão

"É o retrato daquilo que vim a ser desde a formação até à equipa principal. Foi uma retribuição por parte do clube, dar-me esse poder, essa responsabilidade, nunca mais me vou esquecer de usar aquela braçadeira na final da Taça da Liga contra o Benfica, foi algo marcante, tenho a braçadeira em minha casa, está lá na estante com os troféus, é um orgulho imenso ter aquela braçadeira no braço depois de toda a história que aqui fiz e é uma recompensa do clube por todo o meu trajeto."

Mensagem aos companheiros de equipa

"Agradecimento e força para a nova época que está à porta, são muitas as coisas que vivemos, muitas brincadeiras, vou continuar a acompanhá-los, a torcer pelo vosso sucesso. Este clube felizmente está num patamar diferente do que estava há uns anos e é isto o que mais me enche de orgulho neste momento, é poder sair do Sporting com títulos e o clube reerguido e pronto para mais uma época com ou sem João Palhinha."

Palavra aos adeptos

"Quero agradecer-vos por todo o carinho que me deram, por me terem ajudado a dar a volta à minha história aqui no clube, a terem me ajudado a conquistar aquilo que eu tenho hoje, não começámos de uma maneira fácil, não foi um caminho fácil, mas graças a vocês consegui dar a volta por cima. Foi muito importante todas as palmas que senti desde o momento do primeiro aquecimento até à minha última saída do estádio, todas as palmas que me bateram, todos os cânticos que tiveram comigo, todas as mensagens de carinho que recebo da vossa a parte, só vos quero agradecer, não tenho palavras para agradecer-vos. Foi um prazer representar este clube. Espero que continuem a apoiar-me e a torcer por mim, eu também vou continuar a torcer pelo nosso clube e nosso sucesso, tudo bom para vocês e para as vossas famílias. Saudações leoninas."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.