O novo treinador do Marítimo, Paulo César Gusmão, manifestou esta quinta-feira o desejo de entrar na história do clube da I Liga portuguesa de futebol já no final da temporada.

"É muito importante para todos nós conhecer a história do clube antes de começar a época, é uma história muito bonita. Por todo o nosso trabalho, esperamos no final da época fazer parte da história", afirmou aos jornalistas, após ter visitado o museu do emblema madeirense juntamente com os jogadores, a restante equipa técnica e o presidente, Carlos Pereira.

O técnico brasileiro está à espera de uma "grande responsabilidade", que diz existir em todas as equipas, o que passa por "obter bons resultados".

Com uma semana e meia de treinos intensos, Gusmão promete "muito trabalho, luta, determinação e entrega", fatores que destacou por poderem "fazer a diferença em campo", e abordou ainda possíveis mudanças no plantel.

"A equipa nunca está fechada, principalmente quando inicia a época. Há sempre a possibilidade de chegadas e saídas, estamos num período de conhecimento e adaptação", comentou.

Paulo César Gusmão garantiu que vai dar oportunidade a todos os jogadores nesta pré-época e que só após o estágio realizado em Portugal continental, que começa a 20 de julho, é que irá tomar uma decisão sobre quem fica e quem sai.

O objetivo passa por evitar ter um plantel muito longo, para que não haja casos de insatisfação, com dois a três jogadores por posição.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.