O vice-presidente para a área do património, Paulo Cristóvão, foi a “ponte” entre o presidente Godinho Lopes e Luís Duque que permitiu que este tivesse recuado na intenção de se demitir, disse à agência Lusa fonte do Sporting.

«Paulo Cristóvão falou no domingo de manhã com Luís Duque a pedido de Godinho Lopes, tendo este participado posteriormente na conversa, a qual permitiu clarificar algumas situações e ultrapassar pontos de vista divergentes», contou a mesma fonte.

Terá sido na sequência da conversa que Luís Duque, vice-presidente do clube e administrador executivo da SAD, fez saber, num comunicado divulgado ao fim da manhã de domingo, que não iria demitir-se, embora sublinhando a necessidade de, «às vezes, serem tomadas medidas difíceis» e de se criar «uma estrutura forte no futebol».

Entre as medidas difíceis que Luís Duque considera necessárias contam-se, segundo a mesma fonte, «a passagem do director-geral da SAD, José Couceiro, para a área da formação e o afastamento do actual responsável pela Academia, Pedro Mil Homens, e do seu número dois, Jean Paul».

José Couceiro foi contratado ainda no mandato de José Eduardo Bettencourt com funções abrangentes na área do futebol profissional, definidas no contrato que assinou, e o seu enquadramento na actual estrutura ainda está por clarificar, tendo sido, segundo a mesma fonte, um dos temas da conversa entre Godinho Lopes e Luís Duque.

«José Filipe Nobre Guedes [administrador da SAD responsável pela área das finanças] tem posto, por razões de ordem financeira, algum travão nos investimentos na equipa de futebol e isso também não tem sido do agrado de Luís Duque», referiu, por outro lado, a fonte.

A Lusa tentou contactar Godinho Lopes, mas o presidente do Sporting não se mostrou disponível para comentar o assunto, limitando-se a reafirmar, através de um assessor, que «está tudo bem» depois da reunião que teve na segunda-feira de manhã com Luís Duque e que ambos estão «a trabalhar em prol do Sporting».

Foram ainda feitas várias tentativas para contactar Luís Duque e Paulo Cristóvão, que até ao momento resultaram infrutíferas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto