O empresário Paulo Paiva dos Santos disse hoje, em declarações à Antena 1, que afinal não será candidato à presidência do Sporting, depois de ter anunciado no domingo que ia apresentar-se às eleições do próximo ano.

De acordo com a rádio, o fundador da farmacêutica Generis não quis, para já, revelar porque desistiu da candidatura, tendo a agência Lusa tentado contatar Paiva dos Santos, mas sem sucesso.

No domingo, o empresário tinha anunciado a candidatura momentos depois da derrota do Sporting com o Sporting de Braga, por 1-0, na 14.ª jornada da I Liga de futebol, que deixou os ‘leões’ a oito pontos do líder Benfica.

"Face ao atual momento que vive o 'nosso' Sporting, informo oficialmente que serei candidato às eleições presidências do Sporting Clube de Portugal, 2017”, escreveu, na altura, em comunicado.

A acompanhar o comunicado, Paulo Paiva dos Santos colocou uma fotografia do seu cartão de sócio dos ‘leões’, sendo associado desde 1977.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.