"Sabemos que Académica está a reagir bem a um novo modelo de trabalho e mostrou boa organização no [estádio] do Dragão", ante o FC Porto, começou por referir na conferência de imprensa de antevisão da partida.

Paulo Sérgio reconheceu ainda à equipa de Coimbra "bom jogo colectivo, sabe ter a bola e está a defender bastante junta, como um bloco".

No entanto, observou, jogadores e responsáveis técnicos do Vitória estão "confiantes" que podem "atingir o resultado que mais interessa - os três pontos".

"Confiamos inteiramente na nossa capacidade, alma e capacidade de sofrimento para sermos competitivos e coesos. Mas temos de ser bastante humildes", avisou.

Durante o treino de hoje, Paulo Sérgio chamou o extremo Targino à razão de forma mais veemente, nada que o treinador valorize.
"Foi uma situação normal de treino, foi ele como poderá ser outro qualquer. Para mim não há nomes, ninguém é dono de lugar nenhum, a atitude tem de estar em cada exercício de treino. Mas ele tem trabalho bastante bem e julgo que percebeu a mensagem", referiu.

Para Paulo Sérgio, que substituiu Nelo Vingada no comando técnico do Vitória de Guimarães há cerca de duas semanas, a equipa está agora "mais próxima do seu real valor. O Vitória vale muito mais do que infelizmente esta classificação traduz e está a evoluir", disse.

O técnico sente que os jogadores estão "a corresponder" aos novos métodos de trabalho e que "a equipa está alegre, tem trabalho bastante e bem".

O treinador repetiu uma mensagem deixada antes do jogo com o Sporting: "Se fizermos alguma coisa menos bem, que seja por mérito do adversário e não porque fomos menos empenhados. Não vamos ganhar os jogos todos, mas temos de ter sempre empenho e atitude", explicou.

Sobre a falta de eficácia evocada no final do empate caseiro com os "leões" (1-1), Paulo Sérgio frisou que a equipa tem de "evoluir" nesse aspecto e "ter máxima concentração no momento da finalização", sendo que "isso passa também por maior exigência no treino", concluiu.

Os vitorianos viajam domingo de manhã para Quiaios, Figueira da Foz, onde, à tarde, realizarão um treino à porta fechada no Centro de Estágio Rosa Náutica.

O jogo entre o Vitória de Guimarães, 11.º classificado com sete pontos, e a Académica, que ocupa a última posição, com três, realiza-se no Estádio Cidade de Coimbra, segunda-feira, às 20:15, e será arbitrado por Carlos Xistra, de Castelo-Branco.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.