O treinador do Sporting, Paulo Sérgio, afirmou hoje que a equipa tem de estar concentrada no que tem que fazer para tornear as dificuldades que o Rio Ave vai colocar na oitava jornada da liga de futebol, deixando críticas ao calendário.

“A equipa vai entrar com a disposição e determinação de vencer a partida, procurando tornear dificuldades que o Rio Ave vai colocar. Temos que estar preocupados e concentrados no que temos que fazer para tornear as dificuldades. Não há jogos fáceis, vamos ter que trabalhar muito e ser competentes para vencer esta equipa do Rio Ave”, disse em conferência de imprensa.

O técnico deixou elogios ao adversário e referiu que o Rio Ave está numa posição “que não condiz com as suas qualidades”.
Paulo Sérgio anunciou ainda que Rui Patrício vai voltar à titularidade, mas não quis dizer quem será o central que vai jogar ao lado de Carriço, se Nuno André Coelho ou Torsiglieri, apesar dos elogios ao central argentino.

“O Marco Torsiglieri tem tudo para vir a ser um belíssimo central. É rápido, agressivo e forte no jogo aéreo. Tem evoluído, tem bom carácter e vamos continuar a trabalhar com ele”, afirmou.

Em relação ao jovem Diogo Salomão, que esteve em destaque na última partida, o técnico referiu que acredita que o extremo ainda vai fazer melhor.

“Estou convicto que tem cabeça para suportar este momento em que todos reparam nele, tenho falado muito com ele e acredito que vai superar este momento de fama. Acredito que vai fazer melhor”, salientou.

O treinador elogiou também o trabalho de Postiga e Liedson na última partida, referindo que o sistema não muda com dois avançados ou com um, pois o que muda é apenas as características dos jogadores.

“Se temos dois pontas de lança bem, inspirados e num bom momento vamos jogar com dois, senão vamos jogar com um. Não se muda o sistema, o que muda é a característica de um jogador, no caso um dez ou dois nove”, referiu.

Paulo Sérgio defendeu ainda que Liedson “sabe fazer golos” e afirmou que o avançado é importante pela “atitude e alma” que transmite ao grupo.

A terminar, o técnico deixou críticas ao calendário, lembrando que o Sporting jogou para as competições europeias no mesmo dia que o FC Porto e que vai ter menos um dia de descanso.

“Convêm reflectir sobre os calendários. O FC Porto, e bem, joga só segunda, vai ter mais 24 horas e o Sporting também devia ter mas os interesses televisivos retiram essas 24 horas e parece-me que já se prepara qualquer coisa para o jogo de Leiria”, afirmou.

Paulo Sérgio disse que tem o jogo com a União de Leiria previsto para sábado, porque o Sporting vai jogar na quinta-feira na Bélgica, frente ao Gent, mas que “já anda qualquer coisa no ar que o jogo será no domingo”.

“Parece que nestas coisas das datas e horários o Sporting fica sempre prejudicado e isso não me agrada minimamente”, concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.