O treinador do Sporting, Paulo Sérgio, afirmou que "seria óptimo" poder contar com todos os reforços no estágio de pré-época, mas que "este é um ano atípico", pelo que está solidário com "as dificuldades da administração em concluir processos que perseguimos há algum tempo".

O Sporting procura reforçar o plantel para a próxima época com qualidade, e ao contrário dos rivais SL Benfica e FC Porto, a equipa de Alvalade está a realizar uma autentica revolução de equipa.

"O mercado está um pouco parado. Como começamos mais cedo, temos mais pressa. Estamos a reformular o plantel mais do que as outras equipas, que só fazem ajustes. Estamos a fazer uma mexida grande".

Sobre os reforços pretendidos, Paulo Sérgio diz que estão identificados, mas reconhece que "está a ser difícil" trazê-los para Alvalade.

"Seria óptimo que entrassem aqueles que esperamos. Se quiséssemos ter cá mais seis ou sete, tínhamos. Os que nós queremos está a ser difícil. Vamos aguardar com paciência para errarmos o mínimo possível", disse o técnico do Sporting.

O Sporting está a realizar um estágio de pré-época em França ainda com muitas ausências no plantel. Os jogadores do Sporting que participaram no Mundial 2010 ainda não treinaram às ordens de Paulo Sérgio, pelo que o técnico leonino admite que não está a ser fácil fechar o grupo.

"Vamos ter que repetir os conteúdos que temos praticado à medida que formos integrando os outros elementos. Mas, com confiança, empenho e determinação, vamos fazer o nosso trabalho", afiançou.

Questionado sobre o eventual empréstimo de Drenthe, lateral holandês do Real Madrid, Paulo Sérgio jogou à defesa: «Não falo de quem não está cá".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.