O treinador do Marítimo, Pedro Martins pediu hoje «rapidez de execução» aos seus jogadores, no jogo de domingo com o Rio Ave, relativo à quarta jornada da Liga Portuguesa de futebol.

O treinador dos insulares espera um adversário defensivo a jogar no Estádio dos Barreiros, prevendo por isso uma partida em que será necessário «muita paciência».

«Esperamos um Rio Ave jogar muito fechado. O adversário é tradicionalmente difícil e posiciona-se bem no campo, jogando com um bloco defensivo bastante coeso, procurando fazer as transições de forma muito rápidas», prognosticou.

Pedro Martins sabe, no entanto, qual o antídoto para anular a equipa orientada por Carlos Brito, mas assume também a forma paciente como a sua formação terá de esperar pelo momento certo para marcar.

«O Marítimo tem de jogar de forma muito rápida, tal como fez na primeira jornada, frente ao Beira-Mar, procurando, no entanto, que a exibição se estenda durante todo a partida», disse.

O estado anímico da equipa mereceu também uma observação do treinador dos “verde-rubros”: «Temos de ter um bom controlo emocional, a esse respeito, a equipa está bem preparada, logo se conseguirmos juntar todos estes ingredientes, teremos grandes possibilidades de conquistar os três pontos».

O Marítimo defronta domingo (19:15) o Rio Ave, no Estádio dos Barreiros, em jogo relativo à quarta jornada da Liga portuguesa de futebol, que será arbitrado pelo setubalense Bruno Esteves.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.