O treinador do Marítimo, Pedro Martins, mostrou esta sexta-feira alguma preocupação e dúvidas relativamente à União de Leiria, adversário de domingo, na quinta jornada da Liga portuguesa de futebol.

O facto de os leirienses terem mudado de treinador na semana passada suscita algumas interrogações, apesar de o treinador dos insulares reconhecer que o adversário tem um grupo de bons jogadores.

«Era uma equipa processualmente bem definida, trabalhada por Pedro Caixinha. Há que avaliar se neste curto período de tempo o treinador atual, Vítor Pontes, vai alterar aquilo que está trabalhado há algum tempo», disse.

Independentemente do que mudar, Pedro Martins sabe que enfrentará um adversário complicado: «Sabemos que se trata de uma equipa com muito valor, que tem a sua grande mais-valia na posse e circulação de bola».

«Gosta de jogar de pé para pé. Ganhou o último jogo e estava a necessitar disso. Prevemos, por isso, muitas dificuldades ante um conjunto mais motivado e confiante», prosseguiu o treinador do Marítimo.

Recusando o favoritismo, Pedro Martins não esconde a ambição de vencer na Marinha Grande: «Não somos favoritos, mas vamos jogar com o intuito de vencer, sabendo que vamos encontrar uma equipa de qualidade, ainda à procura do seu espaço e tempo para potenciar a sua qualidade».

«Temos de ser sérios, humildes e solidários se quisermos alcançar essa meta com sucesso», sublinhou, deixando antever que, apesar de convocado, Benachour não jogará de início.

O técnico explicou que o médio tunisino «caminha para o seu melhor, mas ainda não está no nível máximo».

«Tem vindo a trabalhar bem, entrou muito bem com o Rio Ave e ajudou a equipa. Também tem sido inteligente, pois sabe quais são as suas limitações atuais e aquilo que pode render no futuro. Mas é um jogador com quem contamos a mil por cento», destacou.

A falta do certificado internacional de Pouga, que o impede de jogar, também mereceu um comentário de Pedro Martins.

«É algo que nos ultrapassa e tem a ver com a FIFA, situação que não podemos controlar. Estamos à espera que a todo o momento seja resolvido. Esperemos que seja o mais rapidamente, para bem do clube e do jogador», concluiu.

O Marítimo defronta a União de Leiria às 16h00 de domingo, na Marinha Grande, em encontro relativo à quinta jornada da Liga portuguesa de futebol, que será arbitrado pelo portuense Jorge Sousa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.