A Liga Portugal vai atribuir um prémio à equipa que menos tempo 'queimar' nos jogos da I Liga 2022/23. O anúncio foi feito pelo presidente do organismo, Pedro Proença, durante um evento de lançamento da nova época, em Lisboa.

"Queremos criar uma onda positiva relativamente ao assunto e estamos cientes, do que falámos com treinadores, jogadores e árbitros, que há essa preocupação. Temos de criar um buzz positivo; que se penalize quem utiliza este mecanismo para tirar vantagem desportiva. Temos de aumentar os 60 minutos que temos de tempo útil de jogo em Portugal", afirmou.

Na sua intervenção, Pedro Proença frisou que ninguém quer "futebol enfadonho".  Para a nova época, o organismo quer maior rapidez da justiça desportiva na resolução dos casos.

A Liga está a preparar o processo de centralização dos direitos audiovisuais, numa altura em que procura também uma maior competitividade dos clubes e do sector.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.