Pedro Proença afirmou que os presidentes dos clubes têm de ter noção do seu papel no futebol e que têm responsabilidades a cuidar. Na Assembleia da República, a propósito do debate sobre a violência no desporto, o presidente da Liga Portuguesa admite que a contribuição dos dirigentes é importante  e que, da parte da Liga, serão protegidos.

" A Liga Portuguesa tem sabido respeitar a contribuição dos presidentes de todos os clubes. É evidente que aos presidente exige-se responsabilidades. A todos exceção. Eu apelo a que sejam respeitados todos os dirigentes sem olhar a clubes. Eu sinto-me satisfeito pelas contribuições dos presidentes e da Liga de Portugal. Digo ainda que terão sempre proteção".

A Assembleia da República é o palco de um debate sobre a violência no desporto. Para além do presidente da Liga Portuguesa, Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica e Luciano Gonçalves, presidente da APAF também estão presentes.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.