O treinador do Boavista, Petit, disse hoje que quer vencer a Académica, na quarta jornada da I Liga de futebol, por precisar de se "moralizar e de ter motivação", considerando necessário jogar com "intensidade e entrega".

"Queremos conquistar os três pontos, queremos uma vitória para a equipa moralizar e ter motivação para os jogos que vai ter pela frente. Vai ser um jogo bom", vaticinou o técnico “axadrezado”, em conferência de imprensa.

O Boavista procura o primeiro triunfo na receção à Académica no domingo, às 16:00, após ter perdido os primeiros três encontros da competição, nos quais não marcou qualquer golo.

"A Académica é uma equipa boa e está a jogar um bom futebol", resumiu Petit.

O técnico disse ainda estar à espera de uma equipa "agressiva, que joga em campo grande e que mete muitos jogadores no ataque".

"Estivemos a estudá-los bem e vamos tentar fazer o nosso jogo e ir à procura dos três pontos", rematou.

Para bater esta Académica, Petit diz que o Boavista tem de jogar "à sua imagem, com intensidade e entrega, para que o coletivo funcione, com as linhas bem juntas umas das outras e depois sair rapidamente no contra-ataque e com futebol apoiado".

"É aquilo que temos vindo a trabalhar", completou.

O técnico disse que, para o Boavista, "a paragem do campeonato foi muito benéfica para integrar os jogadores que chegaram há pouco tempo, para melhorar em termos táticos jogadores com algumas limitações e que vieram de países, culturas e campeonatos diferentes".

"São sempre boas estas paragens, para integrar da melhor maneira esses jogadores", acrescentou.

Recorde-se que, na semana passada, o Boavista realizou um estágio de três dias em Caminha, justamente para afinar processos e integrar jogadores que chegaram mais tarde.

"O futebol português é completamente diferente do brasileiro ou do de outros campeonatos. Aqui a intensidade é muito maior e em termos táticos os jogadores têm que cumprir", considerou.

Petit recusou a ideia de que, depois das derrotas com Sporting de Braga (3-0), Benfica (1-0) e Rio Ave (5-0), o embate com a Académica seja o primeiro do campeonato particular do Boavista.

"Temos de jogar com todas as equipas e todas são difíceis, mas sabemos que jogamos em casa. Queremos a mesma atitude e a mesma entrega que tivemos aqui no último jogo em casa (com o Benfica)", defendeu.

Petit salientou ainda que a sua "confiança continua a ser como no primeiro dia, sabendo que vai ser um campeonato difícil".

"Acredito no trabalho que estamos a fazer e os jogadores também estão a acreditar. É um plantel todo novo e espero que as coisas mudem neste jogo. Vejo os jogadores mais alegres, mais preparados, sabendo que temos de fazer golos", afirmou, advertindo que "qualquer distração pode ser fatal".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.