O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol instaurou, esta quarta-feira, um processo disciplinar a Pinto da Costa. Na base da abertura do processo estão as recentes declarações do presidente do FC Porto sobre a arbitragem.

Nas referidas declarações, proferidas na passada segunda-feira, Pinto da Costa apontou os erros de arbitragem que considera terem prejudicado o FC Porto ao longo da presente temporada e deixou duras críticas a árbitros e vídeo-árbitros, em particular a Artur Soares Dias e Vasco Santos, que dirigiram o jogo da 23.ª jornada da I Liga, com o Rio Ave, no qual os 'azuis e brancos' empatara 1-1 no Estádio do Dragão.

O líder dos 'azuis e brancos' chegou mesmo a afirmar que Artur Soares Dias e Vasco Santos "não têm condições para arbitrar jogos do FC Porto, por mais honestos que sejam".

As declarações de Pinto da Costa vão agora ser analisadas pelo organismo que tutela a disciplina na FPF.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.