O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, criticou hoje a Liga Portuguesa de Futebol Profissional, considerando e que o organismo não teve respeito na marcação do calendário do campeonato.

O dirigente, que falava à margem da inauguração da exposição 'A Casa de Luanda no Porto', na Sala Multiusos do Museu FC Porto, defende que esta não era a melhor altura para defrontar o Benfica, porque, se o FC Porto tivesse seguido para os 'play-offs' da Liga dos Campeões, o 'classico' encaixa-se entre a primeira e a segunda mão.

"Foi o que calhou. Não devia ter calhado, até porque demonstra o descuido que a Liga teve para com o FC Porto. Infelizmente, não aconteceu, mas se tudo tivesse corrido normalmente teria jogado há dois dias na Grécia para ir amanhã [sábado] jogar à Luz e três dias depois jogar outra vez contra o Olympiacos. Infelizmente não aconteceu, mas o descuido que a Liga teve e o desrespeito para com um representante português numa prova europeia foi realmente chocante", referiu o presidente.

Sobre o 'clássico' deste sábado, Pinto da Costa não se mostrou preocupado com as boas exibições dos Benfica e as consequentes goleadas nos jogos que tem realizado.

O Benfica, líder do campeonato, com seis pontos, e o FC Porto, sexto, com três, defrontam-se a partir das 19:00 de sábado, no Estádio da Luz, em Lisboa, em jogo da terceira jornada da I Liga de futebol profissional.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.