O presidente do FC Porto Pinto da Costa concedeu uma entrevista ao Jornal de Notícias na qual fala sobre a desvantagem do rival Benfica e da Liga dos Campeões.

"Já houve casos em que estivemos sete pontos à frente ou atrás e houve uma mudança. Mas reconheço que, na teoria, estar a sete pontos de dois adversários é muito mais complicado. No futebol já vi muita coisa. O Benfica pode pensar que está fora da corrida pelo título, mas ainda está na Liga dos Campeões e espero que aí vá o mais longe possível, para bem deles e do futebol português", admitiu o dirigente portista.

Questionado sobre o futuro do extremo Luis Díaz, Pinto da Costa não quis dar garantias. "Não posso garantir, nem deixar de garantir. Só as circunstâncias o podem ditar. A nossa vontade é de que todos fiquem, mas às vezes há propostas irrecusáveis que permitem depois contratar novos jogadores.", explicou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.