No dia em que o FC Porto completa 129 anos de existência, Pinto da Costa deixou uma mensagem a eventuais candidatos às eleições do clube azul e branco previstas para 2024, garantindo que está em funções para "lutar" pelo clube.

"Passados 40 anos, ainda cá estou, sinal de que tendo feito coisas boas, outras menos boas, quiçá algumas más, nunca agi ou deixei de agir por medo seja do que for, em prol do FC Porto", começou por dizer, à margem de uma distinção atribuída esta quarta-feira, na Associação de Futebol do Porto.

"Quantos não ouviram já falar de que estamos num fim de ciclo. Mas fim de ciclo de quê? De ganhar? As últimas três provas no futebol foram ganhas pelo FC Porto. Vamos em breve apresentar resultados positivos na SAD. Naturalmente que assumo todas as responsabilidades no que não estiver bem feito. Mas fim de ciclo? Estão enganados. Estou aqui para lutar pelo FC Porto, doa a quem doer", vincou.

"Quando estivemos quatro anos sem ganhar, nem uma Taça da Liga, nem uma Taça de Portugal, foi aí que tive de impor as mudanças necessárias no FC Porto. Foi aí que decidi contra a vontade de muitos mas com o apoio da minha direção e administração que contratei o Sérgio Conceição para retomar o caminho das vitórias. Foi aí que fiz as mudanças no departamento de futebol para partirmos para um ciclo de vitórias como são os oito títulos conquistados desde então", notou ainda Pinto da Costa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.