Pinto da Costa teve um dia em cheio. Depois de assistir ao treino do FC Porto na manhã desta terça-feira e de visitar José Sócrates na prisão de Évora durante a tarde, o presidente dos "dragões" esteve no jantar de Natal da comissão de apoio à sua recandidatura à presidência do clube "azul-e-branco", realizado no Porto.

Falando à margem do evento, Pinto da Costa recusou fazer um balanço do seu trabalho na liderança do clube portista. "Não faço balanços, não me julgo a mim mesmo. Dei sempre o meu melhor pelo FC Porto e tenho tido a felicidade de ter comigo pessoas que têm o mesmo espírito de fazer tudo para que o FC Porto seja cada vez melhor", disse o presidente dos "dragões" em declarações ao Porto Canal.

Quanto à hipótese de formalizar a recandidatura dentro de dois anos, Pinto da Costa respondeu em tom de brincadeira: "Ainda estamos em 2014... Talvez faça um interregno e volte só em 2030".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.