O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, que hoje ampliou o contrato a André Villas-Boas até 2013, defendeu hoje que este compromisso é o único que demonstra verdadeira confiança no trabalho de um treinador.

“Ultimamente temos visto nos outros clubes coisas que não temos encontrado no nosso – uma delas, e é bem importante, são derrotas que felizmente ainda não sofremos –, votos de confiança a treinadores que têm contrato. Nunca consegui compreender como a uma pessoa que tem contrato e em quem se confia se vem dar um voto de confiança, seja a que pretexto for”, explicou.

E, numa provocação ao Benfica, justificou: “Um voto de confiança só tem realmente significado quando não se tem confiança.

Então tem de se enganar o povo e, para mostrar que essa desconfiança não existe, dá-se um voto de confiança”.

“Para mim só existe uma maneira de dar um voto de confiança: a quem tem contrato renovar-lhe o contrato, ampliando-lhe o tempo de trabalho numa prova cabal da confiança”, rematou.

Pinto da Costa lembrou as dúvidas de muitos quando ao início da época apresentou André Villas-Boas e garantiu que na altura “não foi, como muita gente quis insinuar, um ato de coragem ou arrojo ou até de atrevimento”.

“Conheço-o desde os 15 anos. Não era uma esperança. Já há muito tinha a certeza absoluta que iria ter sucesso no FC Porto.

Muitos previram que não ia acabar a época - se calhar na casa deles é que isso pode vir a acontecer –, mas nós quisemos dar a garantia e a prova que a nossa escolha estava acertada”, vincou.

O dirigente, que hoje completou 73 anos, revelou o apoio de toda a estrutura ao trabalho de André Villas-Boas e manifestou a convicção de que esta renovação “é apenas uma de muitas” que espera fazer no futuro.

“O nosso compromisso com a vitória é cada vez maior, porque a outra vitória foi-se”, concluiu, com sorriso e nova provocação ao rival Benfica.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.