O presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, revelou, em entrevista ao Porto Canal, que houve sondagens de estrangeiros para comprar o clube, nomeadamente um milionário russo e o empresário de Singapura Peter Lim, mas que a sua equipa está “tomar medidas para salvaguardar que o clube será sempre dos seus sócios e adepto”.

"Já cá apareceu um russo para comprar o FC Porto", começou por dizer Pinto da Costa em entrevista ao Porto Canal.

"Sabia que andavam à volta do FC Porto à espera que o cadáver ficasse fácil de comprar. O Valência foi vendido a um sujeito que o Jorge Mendes me apresentou como possível comprador. Enquanto estiver aqui, ninguém vai comprar o FC Porto. Tomámos medidas para salvaguardar que o FC Porto seja sempre dos sócios e dos adeptos. Pode vir quem vier, com mais dinheiro que tenha, que não conseguirá comprar o FC Porto", afirmou o presidente do FC Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.