"Temos de ganhar e manter esta boa sequência de resultados e de vitórias. Ganhámos no estádio da Luz, ganhámos ao Braga e podemos ganhar ao FC Porto. Aliás, podemos ganhar a qualquer equipa da Liga", disse o brasileiro em declarações à sua assessoria de imprensa.

Para Nilson, o Vitória de Guimarães está "a jogar muito bem, os jogadores estão motivados e a força do adversário não intimida, pelo contrário, motiva".

Além disso, acrescentou que o factor casa pode ser decisivo, manifestando ainda o desejo de "continuar sem sofrer golos" depois de ter saído com as redes invioladas dos últimos triunfos sobre o Sporting de Braga, Benfica e Olhanense.

"Tenho uma defesa muito forte à minha frente e não será fácil aos atacantes do FC Porto livrarem-se dela", frisou.

O guarda-redes deixou também fortes elogios ao técnico vitoriano, Paulo Sérgio: "tenho a certeza de que a estratégia já está na cabeça do nosso treinador.

Foi ele que nos fez crescer e todos nós sentimos que estamos ainda no início do processo. É um grande treinador que terá uma carreira brilhante", afirmou Nilson.

Antes do encontro, o FC Porto denunciou aquilo que considerou serem as deficientes condições de segurança do estádio, uma vez que as cadeiras foram retiradas para aumentar a sua capacidade, e devolveu os bilhetes a que tinha direito.

Posteriormente, o treinador dos "dragões", Jesualdo Ferreira, alertou para o perigo que representava jogar num relvado naquelas condições, questionou igualmente as condições de segurança e criticou a FPF pelo facto de autorizar a realização do jogo no Estádio Carlos Osório.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.