"O Benfica foi melhor na primeira parte, enquanto o FC Porto foi superior na segunda. Fomos bravos e capazes de dominar o Benfica nesses primeiros 30 minutos", afirmou Jesualdo Ferreira, frisando: "Durante 30 minutos só o Porto quis jogar. depois não se jogou nos últimos 15 minutos, houve muitas faltas e alguma confusão. O FC Porto foi até onde pôde em termos de atitude."

"Podia ter sido um empate mas nada é definitivo, ainda há 16 jornadas por jogar", sublinhou Jesualdo Ferreira sobre os quatro pontos de distância para a equipa encarnada.

O técnico portista explicou melhor a 'ausência' dos dragões nos primeiros 45 minutos: "A equipa não conseguiu o jogo que queria na primeira parte. Acabou por perder regras e equilibrio, deixando de jogar como tinha de jogar. Acontece com todas as equipas, aí não fomos capazes de sair."

Sobre alegados incidentes que terão acontecido no túnel dos balneários, Jesualdo Ferreira recusou essa ideia: "Não vi nada, não se passou nada de especial. Uns gritos, mas não aconteceu nada."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.