A selecção lusa ficou integrada no Grupo B, com Suíça, segunda cabeça de série, Croácia e Roménia, selecções às quais nunca ganhou - quatro derrotas com as romenas e uma com as croatas, nunca tendo defrontado as helvéticas.

"Não é pior grupo em termos de dificuldade. É um grupo equilibrado e temos algumas possibilidades, mas só nos jogos é que as coisas acontecem", disse Pedro Cordeiro.

Apesar de Portugal ter um dos "rankings" mais baixos das 16 equipas que vão disputar o Grupo I da Zona Europa-África, o treinador luso acredita que a selecção portuguesa poderá alcançar o primeiro lugar.

"Obviamente, tenho sempre confiança, mas vamos pensar no dia a dia. Para já, temos de vencer o primeiro jogo, que é contra a Croácia. O primeiro dia é sempre o mais importante, porque há mais ansiedade. Já estamos a treinar há uma série de dias e as jogadoras estão com alguma ansiedade para começar a jogar", adiantou.

Sobre as equipas adversárias, Pedro Cordeiro disse que a Croácia tem "ótimas jogadoras", realçando Petra Martic, 82.ª jogadora mundial.

"A Suíça tem a Patty Schnydder, que é bem conhecida no mundo do ténis, embora a número 2 já tenha um ‘ranking’ mais ao nosso nível", disse.

Contudo, Pedro Cordeiro alertou para o facto de a Taça Federação ser uma competição de equipa em que as individualidades poderão não fazer a diferença.

"São dois jogos individuais e um de pares. Os pares poderão ser decisivos", afirmou.

Para o presidente da Federação Portuguesa de Ténis, José Maria Calheiros, o Grupo 1 "vai ser muito equilibrado", mas a palavra é de confiança: "A selecção portuguesa vai fazer o seu melhor e dar o máximo".

"Confio igualmente em todas as jogadoras e na equipa. Como disse o Pedro Cordeiro, a Taça Federação é um jogo de equipa e, muitas vezes, os 'rankings' individuais enganam", disse.

Sobre a organização da prova, o líder federativo disse que, "para já, as coisas estão a correr muito bem" e que "está tudo bem encaminhado para um evento desportivo de grande qualidade".

Portugal estreia-se na competição quarta-feira, face à Croácia, estando a ainda por definir o restante calendário da prova, que se disputa até sábado no Complexo de Ténis do Jamor.

Os primeiros dos quatro grupos desta fase disputam sábado o acesso aos "play-offs" de apuramento para o Grupo 2 Mundial, enquanto os últimos defrontam-se para evitar a despromoção ao segundo escalão da Zona Europa-África.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.