Jaime Marta Soares, presidente da mesa da assembleia-geral do Sporting, apelou esta quarta-feira à união no universo leonino, criticando as vozes de contestação à direção liderada por Bruno de Carvalho.

O dirigente assegura que não existe "um sistema de castas" no clube de Alvalade e que "todas as opiniões têm espaço e lugar próprio".

Confira a nota assinada por Jaime Marta Soares:

"Respeito pelos princípios da Liberdade e da Democracia bases fundamentais, quer do Estado de Direito, quer da nossa centenária Instituição, o Sporting Clube de Portugal.

Fiel a estes princípios que também são meus e nunca esquecendo a lealdade devida aos Orgãos Sociais e ao Presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, entendo ter chegado a hora de falar, de alertar os sportinguistas para a atitude de uma minoria que nos últimos dias procurou colocar em causa a honorabilidade e o bom trabalho desta Direcção.

Desenganem-se os que pensam que o nosso clube é um sistema de castas. No Sporting somos todos iguais. Iguais e unidos em torno de um projecto, de um clube e de um presidente.

No Sporting todas as opiniões têm espaço e lugar próprio. É nas AGs, olhos nos olhos, que devem ser apresentadas e debatidas. E, mesmo aí, há sempre que distinguir entre opiniões válidas e vulgares insultos.

A paixão com que se vive o futebol, não pode em circunstância alguma conduzir a excessos ou enxovalhos, e essa minoria não demonstra nem amor, nem respeito pelo nosso Sporting Clube de Portugal.

Como tal, entendo ser minha obrigação pugnar pelo entendimento, defender os valores da afabilidade e união entre todos os sportinguistas.

Apelo a que a nossa Instituição seja colocada acima dos interesses individuais de grupos que não são detentores de autoridade, que os coloquem acima da ética e do civismo, atirando para a opinião pública, artifícios de verbo fácil e inconsequente.

Convido a todos, e a esses em particular, a comparecerem na AG do próximo dia 28, a fim de darem a cara pelas palavras que têm vindo nestes últimos dias a orquestrar uma injusta campanha contra o Sporting Clube de Portugal.

Se não aceitarem este meu convite, o que lamentarei, aconselho-os então a retractarem-se publicamente, demonstrando que acima dos seus interesses e questiúnculas pessoais estão os interesses do Sporting".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.