"Congratulamo-nos com a permanência de André Villas Boas na Académica. É um projecto que engloba todo o futebol do clube e um conjunto de objectivos. Saúdo a forma vibrante como toda a gente ligada à instituição manifestou o seu apoio ao André, o que dificultou uma eventual opção de saída para o Sporting”, disse o presidente dos estudantes.

Com a manutenção do técnico, José Eduardo Simões está optimista quanto à época 2009/2010: “A sua continuidade dá-nos a garantia de cumprirmos todos os objectivos a que nos propusemos".

Em conferência de imprensa, o líder da “Briosa” confirmou que houve contactos entre os presidentes de Académica e Sporting, que começaram ao final da tarde de quinta-feira e se prolongaram até ao final da manhã de sexta-feira.

Salientou ainda que foram dados por encerrados os contactos, porque não houve acordo entre as três partes, daí a decisão do técnico continuar à frente dos destinos do clube de Coimbra.

O treinador André Villas Boas agradeceu à direcção do clube o facto de ter ouvido o presidente do Sporting, para uma possível saída, e agradeceu também ao clube “leonino” pelo interesse manifestado.

"Sinto-me bem na Académica e com os jogadores. Atingimos coisas como grupo, sempre em conjunto. Se calhar, o interesse do Sporting deve-se muito à aplicação dos meus jogadores”, começou por afirmar o jovem técnico.

O ex-adjunto de José Mourinho prosseguiu: “Estou muito agradado com o interesse do clube e com a forma como a direcção da Académica se movimentou nesta questão. Partimos para a continuidade, rumo à concretização dos objectivos que queremos atingir".

Estava previsto, segundo a convocatória da conferência de imprensa, a resposta às perguntas dos jornalistas, o que não veio a acontecer, dado que a direcção academista não o permitiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.