O líder Sporting despede-se da primeira volta da I Liga de futebol com uma visita de alto risco, na sexta-feira, à Madeira, onde encontra um Marítimo que o ‘travou’ nas quatro últimas épocas no campeonato.

O jogo da 17.ª jornada acontece num contexto muito positivo para o Sporting, que é líder do campeonato, seja qual for o desfecho do jogo no Funchal, face a uma vantagem de quatro pontos para o FC Porto e nove para Sporting de Braga e Benfica.

Sem vencer o título nacional há 18 épocas, o Sporting assume-se cada vez mais como o grande candidato, a par do campeão FC Porto, depois de ter praticamente ‘arrumado’ o Benfica no dérbi de segunda-feira (vitória por 1-0), deixando o rival no quarto lugar.

Na Madeira, a equipa de Rúben Amorim, que não terá o central Luís Neto, a cumprir castigo, é absoluta favorita, mesmo frente a um adversário que nos últimos cinco jogos em que recebeu os ‘leões’ empatou três e venceu dois, um deles já esta época.

Os insulares foram dos poucos que esta época conseguiram contrariar o Sporting, com a equipa treinada pelo brasileiro Milton Mendes a eliminar, em janeiro, o conjunto de Alvalade, nos oitavos de final da Taça de Portugal, ao impor-se por 2-0.

O jogo entre Marítimo e Sporting, agendado para sexta-feira, às 19:00, acontece já depois de o FC Porto entrar em campo, com o campeão nacional a visitar na quinta-feira o Belenenses SAD, equipa ligeiramente acima da zona de descida, no 14.º lugar.

Os ‘dragões’ estão proibidos de perder pontos, numa fase da Liga em que estão a quatro pontos do Sporting e a pouco menos de um mês, dentro de cinco jornadas, de receberem no Dragão a equipa ‘verde e branca’.

Ainda nesta última jornada da primeira metade do campeonato, o Benfica procura minimizar os danos numa época desastrosa até ao momento, depois de um dos maiores investimentos de sempre, com a equipa de Jorge Jesus a receber o Vitória de Guimarães (sexto).

Os tempos são duros para os ‘encarnados’, derrotados no dérbi de Alvalade e a nove pontos da frente, justificados não só pelo surto do novo coronavírus que atingiu o plantel, mas sobretudo por vários jogos muito fracos da equipa em termos exibicionais.

Com o plantel praticamente todo recuperado, depois de ter chegado a ter 10 jogadores infetados ao mesmo tempo, no empate com o Nacional, à 15.ª jornada (1-1), o Benfica não deverá contar ainda com o treinador Jorge Jesus, também infetado.

O jogo de sexta-feira, no Estádio da Luz, com o Vitória de Guimarães (19:00), é o primeiro após as declarações o ex-futebolista e vice-presidente Rui Costa, que disse ser proibido atirar a toalha ao chão e deixou recados ao compromisso dos jogadores.

A jornada, que se distribui por quinta e sexta-feira, antes do início da segunda volta, já no domingo, promoverá a estreia de treinadores, a de Jorge Silas no Famalicão, após o despedimento de João Pedro Sousa, e a provável entrada de Jorge Costa no Farense, com a saída de Sérgio Vieira.

Os famalicenses, no 15.º lugar, equipa sensação na última época, mas que perderam para esta várias ‘pérolas’ do plantel, recebem o Moreirense (oitavo), e o Farense (18.º e último) abre a ronda em casa diante do Santa Clara (sétimo).

Em outros jogos, destaque para o Sporting de Braga, terceiro colocado, em igualdade pontual com o Benfica, que recebe na quinta-feira o Portimonense (13.º), e para o Paços de Ferreira (quinto), a sensação da temporada, que fecha a ronda em casa frente ao Tondela (nono).

Os pacenses conseguem entre os ‘pequenos’ estar a realizar o melhor desempenho da época, com uma série de sete jogos sem perderem, somando desde a 10.ª jornada, em 20 de dezembro, dois empates e cinco vitórias consecutivas.

Programa da 17.ª jornada:

- Quinta-feira, 04 fev:

Farense – Santa Clara, 15:00.

Belenenses SAD – FC Porto, 19:00.

Sporting de Braga – Portimonense, 21:00.

Famalicão – Moreirense, 21:30.

- Sexta-feira, 05 fev:

Rio Ave – Nacional, 17:00.

Benfica – Vitória de Guimarães, 19:00.

Marítimo – Sporting, 19:00.

Paços de Ferreira – Tondela, 21:00.

Boavista – Gil Vicente, 21:00.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.