O defesa brasileiro, que está desde 2009/10 nos azuis-e-brancos, diz que não perceber o objetivo das declarações do seu colega Quaresma que apontou o dedo à falta de referências no plantel portista.

“Cada um tem a sua opinião e essa é a dele. Não sei qual o intuito de ter dito isso, mas ali dentro procuro não falar muito e fazer mais porque quem fala muito, pouco faz”, começou por dizer no seu regresso de férias.

Sobre a última época, Maicon diz que “todos erraram”.

“Infelizmente, não conseguimos os nossos objetivos, mas estávamos todos no mesmo barco. Não é um ou outro que tem que sair ileso. Todos erraram e ninguém tem que culpar ninguém. Agora é trabalhar e dar a volta por cima”, atirou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.