O treinador do Olhanense afirmou hoje que a sua equipa quer trazer a vitória de Barcelos, onde os algarvios defrontam sexta feira o Gil Vicente, no jogo de abertura da quinta ronda da Liga de futebol.

«Queremos fazer um bom jogo e trazer pontos para Olhão. Vamos para ganhar. Quem tem visto os nossos jogos sabe que respeitamos todos os adversários, mas temos jogado sempre para ganhar», frisou Daúto Faquirá, na antevisão da partida.

O técnico sublinhou que o Gil Vicente «sabe e gosta de jogar futebol, tem muitos jogadores brasileiros e elementos rápidos, especialmente no ataque», acrescentando que vai «oferecer muitas dificuldades» ao conjunto algarvio.

A derrota caseira com o Feirense (1-2), na última jornada, ainda não está completamente esquecida: «Tivemos um percalço, que não estava nas previsões, nem correspondeu ao que foi o nosso desempenho. Se o empate já era lisonjeiro para eles, a vitória foi uma taluda que lhes saiu».

«Os jogadores estavam muito tristes depois do jogo. Mas, com o trabalho diário, vamos atenuando estas situações. A resposta passa por continuar a trabalhar com motivação e ir em busca do melhor resultado em Barcelos», sustentou.

Para o jogo com o Gil Vicente, Daúto Faquirá conta com três baixas (os castigados Mexer e Fernando Alexandre, a cumprirem um jogo de suspensão, e o lesionado Rui Duarte), mas o técnico não está preocupado.

«Perdemos três unidades que têm jogado com regularidade, mas será uma oportunidade para os que estão à espera, num plantel equilibrado. Temos um grupo competitivo também a contar com estas ausências pontuais», comentou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.