"É uma nova etapa da minha carreira, que espero que seja fabulosa. Sempre ambicionei, um dia, servir o meu clube, não se proporcionou como jogador mas aconteceu agora como director de futebol. Depois de algumas conversas com o presidente deu-me a convicção de que a linha que ele quer que o clube siga é a linha que penso ser a mais correcta", disse Costinha.

Em declarações ao site oficial do Sporting, o antigo internacional português assumiu o desejo de "ganhar o mais rapidamente possível", mas que para isso é necessário "trabalhar em conjunto".

"O Sporting é um clube centenário, possui uma história muito rica. É um clube que formou grandes jogadores, que tem uma massa associativa fantástica e merece voltar a ganhar. Não é voltar a ganhar daqui a quatro, ou cinco anos. É voltar a ganhar o mais rapidamente possível", apontou.

Também em declarações ao site "leonino", o presidente José Eduardo Bettencourt destacou a ambição e o currículo de Costinha como jogador de futebol.

"Tem tudo aquilo que o Sporting precisa. É das pessoas que passou pelo clube com mais currículo, é um ganhado nato, é uma pessoa muito ambiciosa, tem sofrido muito como sportinguista e vem juntar-se a uma equipa que se quer vencedora e para ajudar, com a sua formação e experiência, o Sporting a ser mais forte", afirmou Bettencourt.

Costinha vai ser apresentado oficialmente sexta feira, pelas 11:30, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.