«Entrámos muito bem no jogo, a demonstrar que queríamos ganhar, mas também sabíamos que tínhamos uma equipa com rotinas de jogo e forte no contra-ataque. Estivemos sempre atentos, mas penso que a lesão de Keita logo no início do jogo limitou-nos e em termos ofensivos não estivemos tão bem como nos últimos jogos. Na segunda parte, a Académica, como equipa boa que é, teve mais controlo sem ter oportunidades e o resultado acaba por ser justo entre duas equipas necessitadas de pontos”, analisou o técnico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.