Quando perguntaram a Jesus se, na opinião dele, Carlos Martins tinha sido o melhor jogador do encontro da terceira jornada do IV Troféu Cidade de Guimarães, o técnico do Benfica quis primeiro destacar a “força colectiva” do grupo e só depois reconhecer a boa exibição do médio encarnado.

Na conversa sobre a qualidade dos jogadores, um jornalista, presente na conferência de imprensa de rescaldo do encontro entre o Vitória de Guimarães e o Benfica (3-5), perguntou ao técnico encarnado o que achou da exibição do guarda-redes Roberto, que hoje sofreu três golos.

“Dentro do que foi a equipa fez um excelente jogo”. O jornalista insistiu mas o treinador preferiu pedir outra pergunta.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.