Rúben Amorim antecipou, esta sexta-feira, o clássico frente ao FC Porto. O técnico frisou que a sua equipa terá ser muito intensa se quiser vencer os campeões nacionais.

Futebol jogada em comparação com o FC Porto

"O FC Porto em três anos ganhou dois campeonatos. Começamos do -1. Estamos a construir, com miúdos e jogadores experientes. Quem ganhar melhor vai estar melhor. Vejo um FC Porto forte. O Sporting está em crescendo na qualidade, mas o Sporting depende dos resultados."

Espera um FC Porto mais fraco em Alex Telles e Danilo?

"Uma equipa não são dois jogadores, há jogadores do FC Porto que têm mais jogos na Europa do que alguns jogadores nossos como profissionais. É uma grande equipa e o Sporting também o quer ser."

O que é o João Mário pode dar à equipa e o Vietto?

"É um jogador com muita qualidade. Traz peso à equipa e vai-nos dar coisas boas. Vai ter que correr muito para roubar o lugar seja a quem for. Mas durante a época vai-nos ajudar muito."

Palhinha e Jovane no onze?

"Não vou partilhar aqui o onze, seria dar o ouro ao bandido."

Sobre o jogo

"O Sporting o que tem que fazer é igualar a intensidade e a agressividade do FC Porto. Temos que ser muito fortes na abordagem do jogo. São equipas que já se conhecem. O Sporting tem que se atirar ao jogo de cabeça, tem que ser forte, muito intenso e querer ganhar o jogo e querer enfrentar o jogo com muita intensidade."

O Sporting recebe, este sábado, o FC Porto em partida a contar para a quarta jornada da I Liga. O encontro arranca às 20h30.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.